fbpx
CURRÍCULO DO FUTURO: Você está preparado?
curriculo do futuro

CURRÍCULO DO FUTURO: Você está preparado?

O currículo ainda é um documento muito importante quando o assunto é buscar emprego, isso porque é através dele que o recrutador tem o primeiro contato com o candidato.

No entanto, é praticamente unanime entre os profissionais de Recursos Humanos que os currículos estão obsoletos, isso porque o documento apresenta, no máximo, o que o profissional fez no passado, suas experiências e formação, mas não diz nada sobre quem é a pessoa por trás daquele documento, suas habilidades sociais, sua capacidade de comunicação, seu caráter, valores, etc.

 

“Os currículos são terríveis”, diz Laszlo Bock, ex-chefe de recursos humanos do Google, “Não captura a pessoa inteira. Na melhor das hipóteses, eles dizem o que alguém fez no passado e não o que é capaz de fazer no futuro”.

Essas declarações foram dadas ao site Quartz.

 

Estudo realizado pela consultoria de recrutamento e seleção Michael Page divulgado pelo Revista Época prevê que, em cerca de 10 anos, o tradicional currículo que conhecemos hoje deixará de existir e dará lugar a uma plataforma totalmente digital e interativa para os profissionais. Essa plataforma pode ser similar ao Linkedin com algumas transformações que podem vir a ser, por exemplo, inclusões de testes como personalidade, habilidades sociais, valores ou ainda experiências, certificados e competências técnica. Tudo isso poderá ser registrado de forma definitiva, ou seja, uma vez introduzidas não poderão ser alteradas.

Em declaração para o site Quartz,  Ryan Roslansky , chefe global de produtos do LinkedIn diz que a empresa valoriza mais o que os outros pensam dos usuários do que o que os usuários pensam sobre si mesmos, nessa perspectiva estão explorando o desenvolvimento de um software que irá medir a aderência dos candidatos às vagas baseado na sua percepção individual e na percepção de suas conexões, assim como as tendências do grupo no qual o usuário está inserido.

Com tantas transformações previstas para o currículo do futuro, é importante começar a agir desde já se você ainda pretende estar ativo no mercado de trabalho daqui a dez anos. Assim, listamos a seguir algumas ações essenciais que você não deve deixar passar:

 

  • Investir no Autoconhecimento:

Uma das tendências do currículo do futuro é da utilização de ferramentas de análise de perfil para conhecer os candidatos mais profundamente e ir além dos aspectos técnicos, por isso, costumamos dizer que o autoconhecimento é a pós-graduação de si mesmo.

Somente através do autoconhecimento somos capazes de entender nossas forças e fraquezas, porque temos determinadas características e comportamentos, quem somos e porque somos do jeito que somos, e por ai vai. Quanto mais você entende o funcionamento da sua mente, mais será capaz de direcionar e ajustar seus comportamentos em direção aos resultados que você deseja ter, usando suas forças a seu favor e reduzindo os impactos negativos das suas fraquezas. O autoconhecimento pode te trazer vantagens importantes para sair na frente dos outros candidatos.

 

Veja também:

O QUE COLOCAR COMO OBJETIVO EM UM CURRÍCULO?

QUAIS AS COMPETÊNCIAS MAIS VALORIZADAS HOJE NO MERCADO DE TRABALHO

O QUE NÃO PODE FALTAR NO SEU CURRÍCULO

 

  • Investir na formação:

A formação já é algo muito valorizado quando o assunto é conseguir um emprego. Aqui não existe segredo, quanto melhor for sua formação, melhores oportunidades você terá. Porém, atualmente não é raro encontrar algumas “mentirinhas” nesse quesito nos currículos, por exemplo: um inglês avançado que na verdade é intermediário; uma pós-graduação concluída quando na verdade foi trancada; etc.

No currículo do futuro essas informações serão facilmente confirmadas pelo recrutador, então nesse caso o melhor é estar realmente preparado!

Hoje em dia existem diversas plataformas que oferecem cursos gratuitos de excelente qualidade com certificação em Instituições reconhecidas. Aqui seguem alguns:

 

  • Manter uma rede de relacionamentos ativa:

Aqui queremos mais uma vez chamar a atenção para a fala da Ryan Roslansky , chefe global de produtos do LinkedIn: “A empresa valoriza mais o que os outros pensam dos usuários do que o que os usuários pensam sobre si mesmos”.

Esse é, sem dúvida, um ponto de vista importante quando falamos de Linkedin e currículo do futuro. A empresa está trabalhando para melhorar sua plataforma de forma a demonstrar para o recrutador a aderência do candidato à vaga, levando em consideração a sua própria visão, a visão do outro e a tendência no grupo no qual ele está inserido, ou seja, a tendência de toda a sua rede. Isso pode vir a mudar radicalmente o Linkedin como o conhecemos hoje.

Nessa perspectiva, estabelecer uma boa rede de relacionamentos será ainda mais importante do que é atualmente. Não estamos nos referindo à quantidade, e sim à qualidade, a fazer conexões com pessoas certas, mantendo uma atuação ativa com interações constantes onde as pessoas tenham clareza do que você faz e possam, inclusive, indicar suas competências, conquistas e dar recomendações! Isso fará muita diferença na qualidade do seu perfil, muito mais do que faz hoje em dia.

Essas são as perspectivas para o currículo do futuro, claro que como tudo no nosso mundo atualmente, essas perspectivas tendem a ser alteradas, ajustadas e melhoradas com o tempo, então é sempre importante estar atento! De qualquer forma, as “dicas” para você permanecer competitivo daqui a dez anos já valem nos dias de hoje, então não deixe de começar a aplica-las já.