fbpx
Como se sair bem em uma DINÂMICA DE GRUPO?

Como se sair bem em uma DINÂMICA DE GRUPO?

Se você é daquele tipo de pessoa que treme quando o ssunto é dinâmica de grupo este artigo é para você! Para algumas pessoas, as dinâmicas são ainda mais temidas do que a própria entrevista de emprego. Esse é o momento em que você precisa destacar-se dos demais candidatos, impressionar o recrutador, conquistar a simpatia dos outros participantes sem parecer arrogante e ainda se sair bem na atividade proposta! Quanta coisa, né?

Sabemos que isso tudo pode ser bastante desafiador, mas com um pouco de preparo e uma dose de autoconfiança, isso é possível sim!

O objetivo da dinâmica de grupo é o mesmo de uma entrevista por competências, porém no caso da entrevista, você pode contar algumas de suas experiências que evidenciem aquela competência. Já na dinâmica de grupo, o recrutador espera observar seus comportamentos para identifica-las naquele momento.

O que eu percebi nos meus anos de experiência com Recrutamento e Seleção é que se o profissional não tiver determinada competência, ‘simular’ que a tem em uma dinâmica de grupo será algo muito difícil. Por exemplo, se eu não sou um bom vendedor é pouco provável que eu me saia bem em uma dinâmica de grupo que me exija vender algo. É impossível fingir uma determinada habilidade se você não a tem!

Por isso é tão importante que você se candidate a posições aderentes ao seu perfil profissional, assim terá condições de participar de processos de seleção onde a qualificação exigida são as mesmas que você tem a oferecer.

 

 

Vejamos a seguir algumas coisas que você pode fazer para se sair melhor em uma dinâmica:

1.         A primeira é o que já falei no paragrafo anterior, candidate-se a vagas aderentes ao seu perfil profissional. Vagas para as quais está realmente competitivo!

2.         Mantenha a calma sempre! O excesso de nervosismo e ansiedade podem por tudo a perder, então respire fundo, tenha pensamentos positivos e acredite que independente do resultado, tudo ficará bem!

3.         Seja você mesmo, não tente ser alguém que você não é, certamente o recrutador irá perceber que você está ‘forçando’ determinado comportamento e isso pode acabar prejudicando outras características importantes no seu perfil. Então, se você se candidatou a vagas aderentes ao seu perfil e está confiante de que você tem as características necessárias para a vaga, nada mais assertivo e inteligente do que ser você mesmo!

4.         O que não é proibido é permitido! É comum em dinâmicas de grupo o recrutador dividir os participantes em equipes, e todos precisam realizar a mesma atividade. Se nesse caso, por exemplo, o recrutador NÃO PROIBIU diretamente o contato entre os outros grupos, então isso é permitido. Inclusive, muitas vezes o objetivo é justamente esse e o recrutador fica observando qual será a equipe ou o profissional que terá essa iniciativa primeiro. A mesma sugestão vale para divisão de materiais como cola, tesoura, papel, etc.

5.         As principais competências observáveis em uma dinâmica de grupo são: comunicação, trabalho em equipe, liderança, iniciativa, negociação, flexibilidade, capacidade de lidar com pressão. Então tente se comportar atendendo as características de cada uma dessas competências.

6.         Prepare-se, conheça a empresa e a vaga o máximo possível, algumas dinâmicas são baseadas em casos reais da empresa, então quanto mais você souber da empresa melhor!

7.         Posicione-se! Participe ativamente da dinâmica, dê sugestões, emita sua opinião. A falta de participação e a omissão são umas das principais causas de reprovação nas dinâmicas de grupo. Não pense no recrutador nesse momento, foque na equipe e na atividade.

8.         Ouça o grupo e não queira fazer sua opinião valer sem antes ouvir o que o os outros têm a dizer. Essa atitude demonstra arrogância, presunção. Ouça a equipe e seja flexível!

Nem sempre o candidato selecionado será do grupo vencedor, assim como nem sempre o candidato que mais se destacou será aprovado. Tudo depende do que o recrutador está avaliando. Normalmente, o candidato aprovado é aquele que apresentou o maior número de competências e não necessariamente o que mais se destacou em uma única.

Então se você não foi aprovado em um processo seletivo, não desanime, provavelmente é porque ela não combinava tanto com você e oportunidades melhores irão surgir.

Mas se estiver precisando de uma ajudinha conte sempre com a Eu Empregadíssimo!

 

Veja também:

COMO RESPONDER A PERGUNTA “ME FALE SOBRE VOCÊ” NA ENTREVISTA DE EMPREGO

 

Precisando de ajuda na hora de conseguir seu emprego? Conheça os serviços personalizados que criamos para você!